12 Ago

  • By Amanda Ennes
  • In Brazil
  • Comments 1

O folclore brasileiro é rico em cultura, com contos populares, crenças, tradições e histórias de criaturas místicas espalhadas por todo o Brasil.

A maioria das criaturas místicas do folclore brasileiro têm origem em crenças e mitologias indígenas. Elas ganharam força e novas versões ao longo das décadas. Além disso, muitas delas são consideradas espíritos e entidades que vivem nas florestas para proteger a vida selvagem.

Essas histórias podem ser assustadoras, mas, acima de tudo, essas criaturas estão apenas tentando cuidar da Mãe Natureza.

Boi-Bumbá

boi bumba brazilian folklore

A lenda do Boi-Bumbá gira em torno da história de um casal de escravos, Pai Francisco e Mãe Catarina.

Grávida, Catarina queria comer língua de boi. Para saciar seu desejo, seu marido decidiu matar um dos animais do rebanho de seu senhor. No entanto, o boi que ele matou era o animal favorito do fazendeiro. Quando o dono da fazenda soube da morte do boi, chamou curandeiros e pajés para tentar ressuscitá-lo. O boi voltou à vida e toda comunidade comemorou com uma grande festa, pois o senhorio perdoou Francisco e Catarina.

Os brasileiros celebram esse folclore anualmente com grandes festas por todo o país. No entanto, essa cultura é muito mais viva nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional incluiu a comemoração do Bumba-Meu-Boi na lista de Patrimônios Culturais do Brasil.

A festa de Parintins no Amazonas, uma das maiores festas do Brasil, celebra a morte e ressurreição do boi como forma de crítica social. O festival inclui competição de desfile, dança, música, fantasias e muito mais.

Leia mais sobre os principais festivais brasileiros tradicionais no nosso blog.

Boitatá

boitata folclore brasileiro

A crença popular diz que o Boitatá é uma cobra coberta com fogo em seu corpo e olhos. Seu objetivo é proteger as florestas e os animais silvestres brasileiros de pessoas que pretendem agredir a natureza, principalmente aqueles que causam incêndios florestais intencionais.

A lenda também diz que o Boitatá pode se transformar em um tronco de madeira em chamas que mata humanos que atearem fogo nas florestas.

Essa criatura mística do folclore brasileiro é a guardiã da fauna e da flora.

Boto Cor-de-Rosa

boto-cor-de-rosa folclore brasileño

O Boto Cor-de-Rosa é um dos animais selvagens nativos do Brasil. É a maior das espécies de golfinhos fluviais e muda de cor de cinza para rosa conforme fica mais velho.

Para o folclore brasileiro, no entanto, o Boto Cor-de-Rosa é uma criatura mágica que pode assumir a forma de um lindo homem durante a noite. Sua figura humana é muito charmosa e sedutora. Ele vai a festas em busca de mulheres jovens, bonitas e desacompanhadas. Depois de se tornar humano, e vestido com um terno branco, o Boto seduz as meninas das aldeias para o fundo do rio para engravidá-las.

Os indígenas acreditam que a narina do boto cor-de-rosa não desaparece enquanto ele está em sua forma humana. Portanto, ele precisa usar um chapéu para escondê-la.

A crença popular da região amazônica diz que filhos de pai desconhecido são filhos do Boto.

Caipora

caipora folclore brasileiro

A Caipora é um espírito indígena que pode ter forma de homem ou mulher, dependendo de qual região do Brasil a história é contada. Ela protege os animais e as florestas do país. Além de assustar os caçadores com uivos, os distraem com pistas falsas, fazendo com que se percam na floresta.

Seu principal objetivo é proteger o ecossistema. Por isso, a Caipora tem o poder de controlar animais e ressuscitar bichos feridos.

Algumas histórias dizem que a Caipora aparece na floresta se alguém assobiar. Suas origens vêm da mitologia indígena Tupi-Guarani e a palavra Caipora significa ‘habitante da mata’.

Curupira

curupira brazilian folklore

Assim como a Caipora, o Curupira é mais uma criatura do folclore brasileiro que tem como objetivo proteger os animais e as árvores. Ele é um ser travesso do folclore indígena, com cabelo ruivo brilhante e pés virados ao contrário.

O Curupira aproveira que tem seus pés virados para trás para criar pegadas que enganam os caçadores e outros exploradores que destroem as matas. Ele é uma criatura implacável, perseguindo e matando quem coloca a natureza em perigo.

Além disso, quando alguém desaparece na floresta, as pessoas acreditam que a culpa é do Curupira.

Iara

iara folclore brasileño

Iara mora na região amazônica. A mãe das águas, como é chamada, é uma linda sereia de cabelos negros que atrai pescadores com seu canto sedutor.

Sua voz ecoa pelas águas e florestas, enfeitiçando os homens até o fundo do rio. Uma vez lá, eles nunca mais retornam à terra. Os poucos homens que conseguem escapar da voz encantadora de Iara, enlouquecem.

Mula-Sem-Cabeça

mula folclore brasileño

Essa criatura mística do folclore brasileiro é uma mula sem cabeça que cospe fogo pelo pescoço. De acordo com a lenda, uma maldição é lançada sobre mulheres que se evolvem em relacionamentos amorosos com padres. Essas mulheres se tornam Mulas-Sem-Cabeça, que correm sem parar pela floresta, assustando pessoas e animais e machucando tudo o que estiver em seu caminho.

Saci Pererê

saci folclore brasileiro

Saci é um menino travesso e brincalhão que tem uma perna só. Ele usa um short e uma carapuça vermelha e está sempre fumando cachimbo. O que ele mais gosta de fazer é esconder pequenos objetos para que as pessoas fiquem os procurando. Ele também rouba comida das cozinhas, esconde utensílios e ferramentas, bate portas, acorda pessoas e solta animais.

Algumas histórias dizem que o Saci perdeu sua outra perna lutando Capoeira.

Além disso, o Saci gosta de tirar sarro das pessoas e animais da floresta onde mora. Ele é um menino brincalhão que se diverte pregando peças em qualquer ser vivo ao seu redor.

Por causa de sua carapuça mágica, o Saci pode desaparecer e reaparecer quando quiser. Roubar sua carapuça não é fácil, mas se alguém consegue, o Saci realizar um desejo.

O Saci é provavelmente a criaturas mais famosa do folclore brasileiro. Ele não é mau; é apenas um menino travesso que não sabe quando parar com suas pegadinhas.

Folclore Brasileiro na Cultura Popular

Se você quiser mergulhar no folclore brasileiro e aprender mais sobre essas criaturas, existem alguns filmes e programas que você precisa conferir.

  1. Cidade Invisível: Disponível no Netflix, acompanha um detetive que investiga diversos crimes relacionados ao folclore brasileiro.
  2. Folclore Brasileiro: Desenvolvido pelo Amazon Prime Video, é um programa de culinária que conta lendas do folclore brasileiro e ensina receitas relacionadas.
  3. Sítio do Picapau Amarelo: Programa popular baseado na série de livros infantis de Monteiro Lobato, em que os protagonistas exploram diferentes histórias do folclore brasileiro.
  4. Turma do Pererê: Esse programa dos anos 90 baseado nos gibis de Ziraldo recria de forma humorística as histórias vividas por Saci e seus amigos.

Estude português no Rio de Janeiro e explore a cultura brasileira com a Caminhos Language Centre.



1 Comment

Leave a Comment