21 Set

por Susanna Southworth, estudante PhD, University of Utah

Eu não sou uma viajante experiente e, verdade seja dita, eu estava learn-portuguese-in-rio-de-janeiro-susana1apreensiva sobre a vinda para o Rio de Janeiro por causa da mídia dos EUA destacando seus aspectos negativos, como a crescente criminalidade e o vírus da Zika. No entanto, uma bolsa de estudos chamada Foreign Language Area Studies (FLAS) na área de língua estrangeira abriu a oportunidade de viajar para o Brasil e estudar Português por seis semanas. Rio, com suas belas praias e o local para os Jogos Olímpicos de 2016, foi a escolha natural. Eu encontrei o Caminhos Language Centre pesquisando na Internet por programas aprovados pela bolsa. Sua localização foi ideal, situado a poucos quarteirões da Praia de Ipanema em uma direção e da Lagoa na outra.  Eu estava animada para me adequar a um programa que iria cumprir a exigência de 140 horas em sala de aula em um prazo de seis semanas. Além disso, a escola iria arranjar para mim uma casa de família que eu pudesse ficar, que encontrasse um equilíbrio saudável entre as minhas necessidades, tanto para minha independência quanto um sistema de apoio local, bem como uma localização conveniente para ir à escola. Por fim, a escola me ofereceu uma ampla gama de atividades extracurriculares em grupo, como vôlei de praia, aulas de samba, capoeira e passeios pela cidade. Minha apreensão permaneceu, mas a minha confiança e emoção atingiu o pico. Eu podia fazer isso. E fiz. Em junho e agosto participei de seis semanas de um treinamento intenso de idioma e fiz parte da maioria das atividades no Caminhos Language Centre. Meu Português melhorou tremendamente por causa da instrução de som e atenção individual fornecida pelos grandes mestres de Caminhos. Deleitei-me com alguns dos mais belos locais por causa de atividades programadas da escola ou recomendações dos meus professores, como a Pedra do Telegrafo, Pão de Açúcar, Dois Irmãos, Parque Lage, Santa Teresa e Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Caminhos facilitou um currículo de aprendizagem que se estendeu bem além do idioma Português através de aulas de culinária, aulas de samba, passeios educativos nas Favelas Cantagalo e Pavão Pavãozinho, bem como uma viagem de campo ao Boulevard Olímpico e à Casa do Brasil. Eu nunca me senti solitária durante minhas seis semanas no exterior. Minha anfitriã e sua família e amigos, convenientemente localizados a uma curta viagem de metro na Praia de Copacabana, rapidamente se tornaram a minha “família brasileira”. Eles foram calorosos e acolhedores. Minha anfitriã me incluiu em suas atividades de fim de semana e jantares fora e pacientemente praticou Português comigo. Mesmo quando fiquei doente de cama com um problema estomacal durante vinte e quatro horas, ela cozinhou para mim e mostrou preocupação genuína. Sua hospitalidade e apoio pareceram como uma extensão da escola conforme eu me movimentava diariamente entre os professores jovens e competentes, e entre meu carinhoso e sociável anfitrião. A cada dia me sentia mais confortável do que no dia anterior, até minha sexta semana no Brasil, o Rio começou a parecer minha segunda casa. Tive muitas experiências maravilhosas para contar, cada um em detalhes suficientes para fazer-lhes justiça, mas a minha aula de culinária e a visita à Tia Maria foram particularmente especiais.

learn-portuguese-in-rio-de-janeiro-susana2Uma curta viagem de elevador até a Favela do Cantagalo revelou vistas amplas dos tijolos vermelhos densamente empilhados e casas improvisadas e sujas de lama. Um punhado de pontos azuis eram as caixas-d’água de plástico para armazenamento em cima de cada telhado. A favela cobriu as densas florestas das montanhas próximas como uma fita de concreto envolvida em torno do meio de cada pico verde. Saindo do elevador, andei através de um espaço aberto cheio de luz, mas em ruínas em alguns pontos. Este espaço foi provavelmente concebido para ser o lobby de hotel inacabado, há muito tempo abandonado e convertido em uma escola para Cantagalo. Perto de uma esquina e descendo um pequeno lance de escadas, entrei em um aroma inebriante de cebola, alho, limão e peixes cozinhando no fogão da Tia Maria. Lutei para entender seu Português rápido, mas prontamente percebi seu espírito acolhedor e generoso. Ela falou das vinte e seis crianças que criou em Cantagalo; crianças que precisavam de cuidados porque os pais estavam ausentes ou incapazes. Radiante de orgulho e amor por seus filhos, ela nos mostrou um recorte de jornal desbotado que a retratava cercada por seus filhos. Ela começou a nos dizer sobre a vida de cada um deles — um é um professor, outro é engenheiro. Mesmo que seus filhos tenham crescidos, ela continuou a comandar a cozinha da comunidade de Cantagalo e cozinhar para seus moradores e seus filhos. Como prova de suas palavras, crianças que espiavam pela porta atrás dela avançaram pela a cozinha enquanto ela conversava conosco. Fui tomada por sua generosidade. Ela facilmente começou uma aula de culinária enquanto convidou um dos alunos para ajudá-la mexer a Moqueca de Peixe fervendo no fogão. Ela listou seus ingredientes e explicou cada etapa da receita, enquanto nós saboreávamos os cheiros e nos abrigávamos no espaço humilde. Paredes de concretolearn-portuguese-in-rio-de-janeiro-susana3 pintadas com cores vivas fechavam a gama de alumínios e bancadas em uma extremidade do aposento com vista para a cozinha enquanto as crianças nos olhavam atrás de uma porta rachada e algumas mesas de piquenique de madeira do outro lado. Janelas enormes nos davam vista para os arranha-céus de Ipanema muito abaixo e o oceano azul-turquesa ao além. Uma mesa tinha uma toalha quadriculada vermelha e branca de plástico e ela convidou-nos a sentarmos para o almoço. Fomos servidos de copos fechados de suco de Guaraná e uma panela fumegante de Moqueca de Peixe. Além disso, tivemos arroz, feijão preto, salada, e farofa, bem como um bolo espesso para a sobremesa. Foi uma refeição deliciosa e saudável; uma extensão do calor e da generosidade da Tia Maria. Saí com o espírito leve e o desejo de passar o amor da Tia Maria para outra pessoa.

Se quer saber mais sobre o Caminhos Language Centre, visit caminhoslanguages.com.