03 oct

em colaboração com Nick McLennan.

Gíria é uma linguagem popular, criada e usada por determinados grupos para substituir termos formais ou tradicionais. No Brasil, as gírias são utilizadas por grande parte da população e fazem parte do dia-a-dia da maioria dos brasileiros.

No Rio de Janeiro, há diversas gírias locais muito utilizadas pelos moradores em suas conversar todos os dias. E se você quer deixar de ser apenas um gringo e se tornar um verdadeiro carioca, é melhor que aprenda o máximo de gírias possível.

Para te ajudar, fizemos uma lista com mais de 60 gírias e expressões populares muito usadas no Rio. Temos certeza que incorporando essas expressões em seu vocabulário você achará ainda mais fácil se enturmar com qualquer pessoa que encontre, seja pelas praias, pelos bares ou pelas ruas.

Vamos lá!

learn-portuguese-in-rio-de-janeiro

0800
Algo gratuito.

Exemplo: Hoje a entrada da boate é 0800.

Amarelar
Desistir, ficar com medo, fugir.

Exemplo: Os meninos iam brigar, mas um deles amarelou.

Arroz de festa
Uma pessoa que vai a todos os lugares a que é convidada, está em todas as festas e não perde nenhuma oportunidade de ir a um evento. Hoje em dia acabou sendo ampliada para designar quem se faz sempre presente, quem parece estar em todos os lugares ao mesmo tempo, não apenas em ocasiões festivas.

Exemplo: Aquele menino é muito arroz de festa.

Birita
Bebida alcoólica.

Exemplo: Vamos ao bar tomar uma birita?

Bizarro
Muito estranho, diferente do normal, incomum.

Exemplos: Ontem ouvi um barulho no sótão. Bizarro! / Vi um animal bizarro no zoológico.

Bolado
Surpreso, confuso ou preocupado com determinada atitude ou reação de outra pessoa. Também pode significar quando alguém está aborrecido ou chateado.

Exemplos: Fiquei bolado com minha nota baixa na escola. / Estou bolado com meu irmão.

Bombar
Verbo usado em suas variações, significa fazer sucesso, chamar atenção.

Exemplos: A festa ontem bombom. / A inauguração da loja está bombando.

Caô
Mentira. Aquele que conta a mentira é o “caozeiro”.

Exemplos: Ela disse que tem um carro, mas é caô. / Aquele menino é um caozeiro.

Cara
Termo usado para denominar ou se referir a uma pessoa de maneira informal. Colega, amigo. Usado tipicamente para se referir a homens, mas também usado para mulheres. Outra gírias com o mesmo significado: moleque, maluco, campeão, mané.

Exemplos: Um cara me disse que essa cerveja é muito gostosa. / Cara, eu não sei se vou poder viajar com você.

Cara-de-pau
Pessoa atrevida, que faz algo sem sentir vergonha.

Exemplo: Ele é muito cara-de-pau, comeu e bebeu e não ajudou a pagar a conta.

Caramba
Pode significar descontentamento e raiva, mas na maioria das vezes significa espanto ou surpresa. Caramba é uma expressão derivada de dialetos hispânicos e foi incorporada no dia-a-dia do brasileiro como uma interjeição que indica um desabafo ou um estado de espírito.

Exemplos: Caramba, esqueci a chave de casa. / Eu não falei mal de você, caramba!

Cerva
Forma reduzida para “cerveja”.

Exemplo: Estou doido para tomar uma cerva.

Coé
Contração da expressão “qual é”. É uma forma informal de se cumprimentar uma pessoa.

Exemplo: Coé, tudo bem?

Essa expressão também pode ser uma gíria usada para expressar indignação, principalmente em situações de briga e conflito. Ou usada em aspecto de surpresa após uma frase contrária às suas expectativas.

Exemplo: Coé, está de brincadeira comigo?

Conto
Unidade monetária usada sem plural. Utilizada no lugar de “reais”.

Exemplo: Essa calça custou 100 conto.

Dar um bolo
Combinar algo com outra pessoa e não comparecer. Faltar a um compromisso. Outras gírias com o mesmo significado: furar, dar o cano.

Exemplo: Marcamos de ir ao cinema, mas ele me deu um bolo.

Deixa pra lá
É o mesmo que relevar. Algo como, “Não dê importância, esqueça, mude a página.”

Exemplo:
– Minha mãe brigou comigo.
– Ah, deixa pra lá, depois vocês fazem as pazes.

Deus me livre
Expressão muito utilizada e que significa “Deus me defenda”. É usada em situações em que o falante não está satisfeito com uma situação ou com algo que foi dito e “pede proteção a Deus” para que aquilo não aconteça.

Exemplo:
– Houve um acidente. Será que alguém morreu?
– Deus me livre!

E aí?
Muitas vezes também dito ou escrito como “E aê”. Serve para começo de conversa entre duas pessoas, o mesmo que “oi” ou “tudo bem?”.

Exemplo:
– Olá, bom dia.
– E aí?

Também é muito utilizado sem significado específico, apenas para introduzir uma pergunta.

Exemplo: E aí, você conseguiu terminar seus afazeres?

Estar em maus lençóis
Significa que alguma coisa ruim está para acontecer com uma pessoa ou que algo ruim já aconteceu; algo inesperado.

Exemplos: Estou em maus lençóis, não tenho dinheiro para pagar minhas contas.

Estar na pista
Estar solteiro.

Exemplo: Terminei o meu namoro. Agora estou na pista.

Fala sério!
Usado quando a pessoa não acredita, ou não quer acreditar, no que outra pessoa acabou de dizer. Também pode exprimir descontentamento, utilizado como uma forma de ironia.

Exemplos: Minha mãe me colocou de castigo. Fala sério!

– Achei 100 reais na rua.
– Fala sério!

Fazer tempestade em copo d’água
Expressão utilizada para representar uma preocupação exagerada que, na verdade, não é tão grave. Reação a algo muito maior do que deveria ser.

Exemplo: Sua mãe não vai brigar com você porque quebrou o prato, você está fazendo uma tempestade em copo d’água.

Gringo
Estrangeiros, nascidos em outros países que não o Brasil.

Exemplo: Conheci um gringo muito simpático, ele é da Itália.

Irado
Algo muito bom, muito positivo.

Exemplo: O show da banda foi irado!

Isso aí
Expressão de aprovação, também usada para concordar.

Exemplos:
– Então a reunião ficou marcada para às 14:00?
– Isso aí.

– Você escreveu tudo corretamente. Isso aí!

Já é
Gíria usada como confirmação de algo que está para acontecer, para finalizar uma conversa em que algo foi combinado ou decidido. Outras gírias usadas com o mesmo significado: demorou; falou; partiu.

Exemplo:
– Nos vemos amanhã ás 7:00.
– Já é.

Levar (ou tomar) um toco
Receber um não de alguém. Normalmente usado em situações amorosas.

Exemplo: Pedi um beijo para a menina e levei um toco.

Maneiro
É um adjetivo que significa algo interessante, legal, bonito. Usado frequentemente quando uma pessoa se depara com uma situação ou um objeto que lhe agrade. Outra expressão com o mesmo significado: show.

Exemplos: Muito maneiro o seu tênis. / Aquela menina é muito maneira.

Mão de vaca
Expressão popular usada para designar um indivíduo que não gosta de gastar dinheiro. É aquele que se priva de tudo para economizar seu dinheiro e não gosta de partilhar os gastos. Outras gírias com o mesmo significado: pão-duro, mesquinho.

Exemplo: Deixa de ser mão de vaca e compra uma bolsa nova.

Maria vai com as outras
Uma pessoa que não tem opinião, sem personalidade própria, que segue o comando dos outros e se deixa convencer com facilidade.

Exemplo: Deixe de ser Maria vai com as outras e diga o que realmente acha sobre o assunto.

Mermão
Típica gíria carioca. É a junção das palavras “meu irmão”. Utilizada para falar com qualquer pessoa, seja um amigo ou não.

Exemplo: Mermão, a praia estava muito boa.

Meter o pé ou Ralar peito
Ir embora, sair do lugar.

Exemplos: Fui à praia ontem, mas meti o pé antes de anoitecer. / Já estou cansado, vamos ralar peito?


Forma informal e condensada de dizer “maior.” Expressão para enfatizar, engrandecer.

Exemplos: O sol hoje estava mó quente. / Aquela menina é mó legal.

Night ou Noitada
É a diversão noturna, que adentra a madrugada. Normalmente usado para se referir a ir para uma boate ou festa com amigos.

Exemplos: Vamos para a night hoje? / Quando faremos uma noitada juntos?

Ninguém merece
Serve como um desabafo por algo ruim que aconteceu ou vai acontecer. Geralmente quando se passa por alguma situação desagradável, algo que você não desejaria que acontecesse à ninguém.

Exemplos: Hoje está muito calor, ninguém merece! / Ninguém merece ter que ficar ouvindo este barulho.

Pagar mico
Passar por uma situação desagradável publicamente. Passar vexame.

Exemplo: Paguei um mico hoje de manhã, caí no meio da rua.

Parada
Pode significar o assunto do qual se está se falando ou usado para substituir a palavra “coisa”.

Exemplos: Você pode pegar aquela parada para mim? / É aquela parada, não podemos fazer nada.

Patricinha
Jovem do sexo feminino que se veste bem, costuma estar preocupada com a elegância, geralmente frequenta os lugares da moda e gosta de usar roupas de grife. O mesmo significado para o sexo masculino é “mauricinho”.

Exemplo: Todo final de semana o shopping fica cheio de patricinhas que vão fazer compras.

Pé sujo
Lanchonete ou bar bem simples que vendem comida e bebida, normalmente sem muita higiene.

Exemplo: Estava com pressa e acabei comendo um sanduíche no pé sujo da esquina.

Perder a linha
Cometer um ato inconsequente, impensado.

Exemplo: Bebi muita caipirinha ontem e perdi a linha.

Podrão
Lanche de rua, normalmente cachorro quente ou sanduiche vendido em barraquinhas.

Exemplo: Saí do trabalho e fui comer um podrão.

Pôr a mão no fogo
Confiar muito em alguém ou em alguma coisa, sem preocupações ou receios de ficar decepcionado.

Exemplo: Eu confio muito no meu amigo, ponho minha mão no fogo por ele.

Poxa (Pô)
Usada quando se está com raiva ou decepcionado, normalmente usada em situações em que se quer expressar tristeza.

Exemplo: Poxa, você foi demitido?

Sua forma encurtada, “pô”, é muito utilizada pelo carioca em começos ou finais de frases sem função específica, apenas usada como uma expressão popular muito utilizada.

Exemplos: Pô, falei com seu irmão sobre a festa. / Claro que eu vou ao seu aniversário, pô.

Puxa saco
Uma pessoa que tenta agradar muito a outra, alguém que elogia o outro excessivamente com o objetivo de conseguir alguma coisa para o seu próprio benefício. Também pode ser usado como verbo: puxar saco.

Exemplos: Ele só tirou nota boa porque é um puxa saco do professor. / Não adianta puxar meu saco que não vou fazer o que você quer.

Rolé
O mesmo que passeio.

Exemplo: Vou dar um rolé no shopping.

Sacar
Verbo usado em suas variações. O mesmo que entender.

Exemplos: Já saquei que você não gosta muito de mim. / Não quero mais que você fale comigo, sacou?

Sangue bom
Uma pessoa legal, que tem um bom coração. Normalmente uma pessoa que todo gostam.

Exemplo: O aluno novo é muito sangue bom.

Se liga
Expressão usada para chamar a atenção do ouvinte para o que se vai dizer a seguir.

Exemplo: Se liga, para onde vamos esta noite?

Sem graça
Esta expressão tem dois significados distintos. Um deles não é uma gíria, significa literalmente algo que não é engraçado. Mas usamos “sem graça” como gíria para expressar que ficamos envergonhados ou tímidos com alguma situação.

Exemplo: A menina disse que me achou bonito e eu fiquei sem graça.

Sinistro
Pode ser um adjetivo que exprime qualidade positiva.

Exemplo: Você viu que legal aquela manobra de skate que o menino deu? Sinistro!

Também pode ser usado como um adjetivo que expressa tensão e dificuldade.

Exemplo: A prova de português estava sinistra.

Só que não
Surgida nas redes sociais, representam ironia. Usada para expressar o contrário daquilo que foi dito. Na internet, também usada como “SQN”.

Exemplo: Eu gosto muito de brócolis. Só que não.

Tá ligado?
Questionamento usado para ver a pessoa entendeu o que você quis dizer. No dia-a-dia, é uma interjeição utilizada para fazer uma pergunta de um jeito mais descontraído, utilizado muitas vezes por jovens.

Exemplo: Eu disse pra ele que a culpa não era minha, tá ligado?

Tá que tá
Gíria usada para expressar que a pessoa está bonita, arrumada, bem vestida.

Exemplo: Que roupa bonita, você tá que tá.

Também usada para dizer que uma pessoa está com uma característica muito acentuada, quando está, por exemplo, muito irritada ou muito agitada.

Exemplo: Hoje ele tá que tá.

Tipo
Interjeição usada muitas vezes sem significado, no começou ou no meio da frase, para dar uma pausa. Usada pelos cariocas quase como vírgula. Também vista como “tipo assim.”

Exemplo: Tipo, eu avisei que ele poderia vir se quisesse. / Eu não queria chegar na festa, tipo, de mãos vazias.

Tirar onda
Expressão surgida na prática do surfe, significa fazer algo aparentando habilidade ou possuir algo que outras pessoas acham bonito ou interessante.

Exemplos: Ele tirou onda andando de skate / Tirou onda com este carro novo.

Em outro significado, pode indicar provocar de maneira leve, fazer uma brincadeira.

Exemplos: Está tirando onda com a minha cara? / Relaxa, estou só tirando onda com você.

To nem aí
Não se importar muito com alguma coisa.

Exemplo: Ele disse que não gosta de mim, mas eu tô nem aí.

Trocar ideia
Conversar com alguém. Um bate-papo.

Exemplo: Fui até a casa do meu amigo para trocarmos uma ideia.

Vacilo
Fazer algo que não devia, intencionalmente ou não. Falhar com alguém, cometer um erro. A pessoa que vacila é chamada de vacilão. Também usado como exclamação para representar uma situação desagradável.

Exemplos: Ele deu um vacilo e perdeu a oportunidade. / Aquele menino é um vacilão. / Que vacilo! Não consegui comprar o produto na promoção.

Valeu
Gíria popular usada para agradecer de forma informal. É o mesmo que “obrigado”.

Exemplo:
– Aqui está o livro que você pediu emprestado.
– Valeu.

Zero bala
Novo, recém-comprado.

Exemplo: Este carro está zero bala.

Zoar
Verbo usado também em suas conjugações. Significa brincar com alguém de maneira saudável, sem prejudicar a pessoa. É uma gíria muito conhecida e usada principalmente pelos jovens. Também pode significar fazer bagunça.

Exemplos: O menino pintou o cabelo de azul e foi zoado pelos amigos. / Eles estavam zoando pela rua no caminho de casa.

E aí, cara, não dá mais pra vacilar nem pagar mico por não entender as paradas. Tipo, você já aprendeu todas as gírias, tá ligado? Então é hora de pôr em prática e tirar onda com os amigos. Já é?

Se quiser aprender mais português e outras palavras legais, procure o Caminhos Language Centre em http://caminhoslanguages.com/br/.