15 Fev

Escrito por Hannie Bijen

Era isso que eu queria saber, então liguei para ele por Skype. Davi fala holandês muito bem, então conversamos neste idioma. Claro que ele fala português e holandês, mas também sabe inglês e entende bem o espanhol.

Pelo seu famoso sorriso radiante, eu vejo que está tudo bem com ele – o que ele confirma. Então vamos falar logo sobre o que o mantem ocupado.

Na Caminhos, no Rio de Janeiro, ele é muito ocupado como “Gerente de Atividades”. Os alunos da escola não estudam somente – além disso, eles têm atividades todos os dias. Eles podem jogar vôlei na praia; fazer um tour pela favela Santa Marta; visitar museus; aprender capoeira; ir ao Pão de Açúcar; assistir a filmes brasileiros; ou andar de bicicleta pela cidade. Davi é responsável por todas essas atividades e, entre uma ou outra, trabalha na recepção. Além disso, quando algo está quebrado, ele conserta.

Mas Davi faz mais do que seu trabalho na escola. Ele faz faculdade e está terminando o segundo ano. Ele só não passou em uma matéria ao decorrer destes dois anos. Davi está estudando Engenharia Elétrica. Depois disso, precisará estudar mais três anos até se formar e ele espera que consiga.

À noite, ele vai para a faculdade. Somente na sexta-feira não tem aula, então ele fica na escola Caminhos o dia todo. Com a universidade e o trabalho, ele tem uma rotina muito ocupada. Mas isso não é tudo!

Davi é responsável pelos seus irmãos

Ele cuida dos seus três irmãos mais novos – agora eles moram todos juntos. Tiago é o mais novo, ele tem 8 anos. Ele frequenta a escola, mas só metade do dia. Felizmente, há uma senhora que cuida dele até alguém voltar para a casa do Davi. Tiago é um menino muito energético e alegre (apesar de parecer “durão” na foto).

Luciana é sua irmã e tem 15 anos. 15 anos é uma idade muito importante e que precisa de muita atenção – o mesmo que meninos com a idade de 18 anos. Luciana queria estudar psicologia, mas para isso precisa fazer uma prova. Quando ela for aprovada nesta prova, poderá começar seu curso. Ela também estuda inglês na Caminhos e, por causa de todas as suas atividades, não fica muito em casa.

O terceiro é Luciano, ele tem 17 anos. Ele ainda estuda e gosta de fazer teatro. Luciano diz que preferia morar com seu pai, mas para isso precisa esperar, pois o Juizado de Menores deu sua custódia ao Davi até que ele complete 18 anos.

Ainda tem o Vítor, que tem 19 anos, mas ainda mora com o Davi. Ele queria ser enfermeiro e está quase completando seus estudos.

Quem cozinha e cuida da casa?

Estas tarefas são divididas: quem chega à casa primeiro, cozinha! Geralmente é o Vítor ou o Davi.

Uma coisa interessante é que os irmãos do Davi não gostam muito de futebol. No Brasil, Davi adora assistir futebol, mas eles não assistem aos jogos dos clubes conhecidos – só se a seleção brasileira estiver jogando que a família Porfírio assiste. Infelizmente, eles não estão satisfeitos com os resultados da equipe brasileira ultimamente. Eu disse ao Davi que o futebol holandês também não está muito bom.

Ainda sobra tempo para se divertir ou relaxar?

Sim. Sempre que podem, eles vão a Xerém – onde moravam – e ao orfanato Casa do Caminho. Eles levam muitos amigos para lá e passam o fim de semana.

Finalmente, pedi ao Davi para falar sobre seus sonhos para o futuro. Quando ele se formar, tiver um bom emprego, ganhar dinheiro e seus irmãos forem independentes, ele gostaria muito de voltar à Holanda. Claro, ele quer ver sua família holandesa – Dani, Carla e Nancy –, mas também os amigos que conheceu quando esteve lá. E, com certeza, ele quer visitar Ralf Sender, que o visitou no Rio.

Davi ainda tem todas as memórias carinhosas da Holanda, mas uma viagem pela América do Sul também está nos planos do Davi.

Finanças e planos para o futuro

Em 2016, fizemos uma reunião com o Davi para decidirmos sobre as doações mensais diretamente com ele. Já o que o Davi ainda tem uma conta bancária na Holanda, isso foi fácil, já que nos economizará custos com taxas e dará ao Davi mais liberdade. Nós percebemos nos últimos dois anos que Davi consegue lidar bem com dinheiro. Em setembro, a pedido do Davi, aumentamos sua contribuição para 350 euros.

Despesas de 2016:

Tempo Custo por mês Total
Primeiros 9 meses 300,00€ 2.700,00€
3 últimos meses 350,00€ 1.050,00€
Extra de Natal 350,00€ 350,00€

Total: 4.100,00€
Saldo total de doações (12-2016): 12.243,00€

Ainda há uma boa quantidade disponível para o Davi. Davi mora no subúrbio do Rio, perto de favelas. Com o restante das doações ele tem possibilidades. Nós perguntamos ao Davi o que ele quer fazer com este dinheiro. Aumentar um pouco mais a contribuição mensal para melhorar o conforto? Guardar para o futuro? Cursos para seus irmãos? Ou talvez alugar um apartamento em um bairro um pouco melhor?

Davi foi claro – seu maior desejo é que seu irmão Tiago vá para uma escola melhor. Agora ele frequenta a escola somente pela manhã e Luciana cuida de Tiago na parte da tarde. Se Tiago puder ir para uma escola particular, a irmã terá mais tempo para focar nos estudos dela e Tiago terá uma educação melhor.

Se ainda houver fundos, Davi também gostaria de morar um pouco mais perto da sua universidade e mais longe das favelas. Nos últimos meses, a violência nas comunidades aumentou muito. Além disso, Tiago não pode brincar na rua porque é perigoso. Nós decidimos, então, que nas próximas semanas o Davi ter outras possibilidades de vida.
Se você quiser apoiar o Davi também, envie-nos um e-mail.

Se quiser frequentar os melhores cursos de português, visite a Caminhos Language Centre, uma escola de língua portuguesa no Rio de Janeiro.



Leave a Comment