31 Dez

MaisCAMINHOS-01Dezembro 2015

Dezembro 2015
O tempo voa. Chegou a hora da nossa última atualização de 2015. 2015 foi um bom ano para o Mais Caminhos. Nós tivemos nossos desafios e também muitas conquistas. Em dezembro chega o verão e a temporada de férias, com as escolas fechando até depois do Carnaval. O Ano Novo pode até ser celebrado em 31 de dezembro, mas aqui você pode dizer que o ano só começa mesmo após o Carnaval. Bom, não para nós do Mais Caminhos, mas primeiro vamos fazer uma retrospectiva de 2015.

Vamos ler mais sobre o progresso dos nossos programas, dos seus alunos e nossos voluntários: todos alcançaram resultados incríveis. Estamos muito orgulhosos deles.

Obrigada por toda a ajuda e apoio, graças a vocês, estamos sempre a um passo a menos de realizar os sonhos dos nossos alunos.

Programa Educacional Presencial Mais Caminhos

Muito esforço é necessário para a realização de um sonho. O objetivo do nosso programa é treinar as crianças nas habilidade sociais e cotidianas essenciais juntamente com o aprendizado do inglês em um ambiente amável, atencioso, respeitoso e sem preconceitos. Estas crianças da favela sabem como cuidar muito bem de seus irmãos mais novos. Garotas de 8 anos, e até menos, muitas vezes são as principais cuidadoras de seus irmãos mais novos e até bebês. Muitas vezes são criadas em ambientes difíceis, precisando mostrar subserviência e obediência e serem malandras. Muitas vezes não há demonstração de amor dentro de casa. Não há muito espaço para a infância. Na maioria das vezes, os pais não tem instrução ou só frequentaram o ensino primário, eles mesmos não adquiriram habilidades sociais e para vida, quem dirá as acadêmicas. Nós demonstramos muito amor as crianças e passamos boa parte do tempo do programa Mais Caminhos desenvolvendo estas habilidades e vemos progresso diariamente.

Early-childhood-favela-children.jpg

Nós começamos com um grupo pequeno de crianças que possuíam comportamentos difíceis. Para aumentar o grupo, nossas voluntárias Noor Kemperman e Katy Chase foram até a favela, assim como visitaram escolas, e falaram com os pais. Isto resultou em entrevistas com sete crianças, onde procuramos principalmente entender a motivação delas em estar no programa e também conhecê-las melhor. Nós aceitamos cinco delas. O grupo mais antigo treinava as novas crianças como parte da metodologia de Disciplina Positiva. Agora o nosso grupo tem nove crianças. A atmosfera deste grupo é acolhedora e divertida.

Eles trabalham com temas como poluição, reciclagem, outros países e língua inglesa. Há pouco tempo, nossa aula de inglês avançou mais um passo: Katy Chase, uma de nossas voluntárias, veio com a ideia de “pen pals”, arrumando pen pals dos Estados Unidos para as crianças do Mais Caminhos, ideia esta que ajudou a aumentar o interesse das crianças pelo aprendizado da língua inglesa. É muito animador vivenciar sua vontade de aprender mais, se comunicar, falar inglês. Se você estiver curioso, dê uma olhada em nossa página no Facebook page, onde encontrará alguns vídeos bem legais.

Nas aulas de criatividade, nós ligamos o aprendizado da crianças a tópicos como reciclagem e países diferentes através de atividades criativas. International-language-school-brazil.jpgivities. Eles criaram seu próprio modelo de favela com material reciclado e depois contaram o que fizeram e o que gostaram no trabalho uns dos outros. Eles gostaram mesmo disso e ficaram muito animados. Foi ótimo chamar a atenção para o problema do lixo e ver eles aprenderem a usar o lixo e outros materiais reciclados de forma criativa.

As aulas de criatividade envolvem temas gerais como cartões de Dia das Mães. Como pode-se ver nas fotos, eles fizeram belos cartões.

Encontros em sala de aula

Os encontros em sala de aula incentivam os alunos a desenvolver a cooperação, demonstrar respeito pelas opiniões alheias, resolver problemas e aprender através do compartilhamento e da prática. Uma interação em particular entre duas de nossas crianças, Eduardo e Gabriel, é um grande exemplo de como as crianças podem aprender estas habilidades essenciais. Eduardo é um aluno que tem dificuldades em compreender e seguir regras. As regras e suas consequências são sempre criadas com a participação das crianças. Se elas não gostam de algo, ou querem mudá-lo, elas podem dizer. Eduardo fez isso. Ele disse que não gostava da Tia Noor nem da Tia Katy (as voluntárias), pois ele achava que elas estavam o limitando com as regras: sua proposta era abolir todas elas. É muito bom que ele tenha se sentido seguro para expor isso. Outro aluno, Gabriel, explicou para Eduardo que as regras não foram criadas para limitá-lo, mas para evitar confusão. Ele explicou “Olhe para a favela em que vivemos, a confusão na favela criou um ambiente sujo e perigoso.” Isto ajudou Eduardo a desenvolver uma outra perspectiva e nós ficamos muito impressionados pela maneira que Gabriel expressou a importância das regras para o seu colega.

Mais Caminhos content photos - 17 van 66 (1)

Reuniões de pais

Estudos mostram que o envolvimento dos pais é o fato mais importante no sucesso do aluno na escola e em casa. Em nosso programa, nós oferecemos educação complementar. Mesmo não sendo uma escola de verdade, nós acreditamos que a integração total entre a criança, os pais e nós é importante para o efeito que queremos criar, melhorando as condições de vida e sociais, assim como suas habilidades acadêmicas. É importante para nós saber como nossas crianças vivem, como é sua vida familiar, quais são as ideias de seus pais, quais as que as crianças tem e qual é o seu comportamento em classe e em casa. Noor Kemperman é quem visita as crianças em casa e organiza reuniões de pais regulares. As casas de todas as crianças foi visitada pelo menos uma vez. Se há algum problema, nós contatamos imediamente os pais pelo Whatsapp ou os encontramos, especialmente as mães, na escola. É ótimo ver a felicidade de nossas crianças e seus pais quando as visitamos. Eles são sempre muito receptivos e hospitaleiros.

Depois de um começo difícil e meio devagar, agora podemos dizer com orgulho que nós conseguimos formar um grande grupo de nove crianças de idades entre 8 e 12 anos. Elas estão muito empolgadas para a aprender a cada dia.


Learn-portuguese-in-rio-de-janeiro

Intercâmbio Mais Caminhos

Mais Caminhos Brave Kids

Através do Mais Caminho, seis crianças participaram do programa internacional intercultural Brave Kids na Polônia. Brave Kids in Poland. A missão do Brave Kids é apoiar jovens vulneráveis de todo o mundo através de experiências artísticas que os inspira a imaginar um futuro melhor para eles mesmos e suas comunidades e lhes oferece as ferramentes para ajudá-los a realizar suas ambições.

O Mais Caminhos tem trabalhado em parceria com o Brave Kids desde o ano passado. Este ano, nós tivemos um grupo de seis crianças em situação de risco das favelas Pavão-Pavãozinho e Cantagalo que se preparam para a grande apresentação. Nós formamos um grupo de jovens com o nosso parceiro Solar Meninos de Luz, uma organização filantrópica respeitada nas favelas do Pavão-Pavãozinho e Cantagalo. Quando nós criamos o programa Mais Caminhos presencial em 2014, eles foram a primeira organização a confiar em nós e acreditar no nosso programa. O grupo foi formado por cinco jovens do Solar Menino de Luz e um jovem, Pedro, do nosso programa educacional Mais Caminhos.
Study-portuguese-in-brazil.jpg

As nossas crianças foram:

Paola Christina: 12 anos, de uma família muito pobre, sem pai. Sua mãe trabalha em uma creche. Ela é a mais velha e tem dois irmãos mais novos, um deles tem apenas seis meses. Ela é uma garota muito amigável e afetuosa.

Erik: 11 anos, de família pobre. Sua mãe está doente e perdeu a visão, seu pai trabalha como porteiro. Ele é filho único. Erik é um garoto muito responsável e cuida muito bem de sua mãe. Ele é muito inteligente e focado. Ele foi descrito como muito tímido e desde o início foi uma das crianças que abraçou qualquer desafio que oferecêssemos a ele.

Rebeca: 13 anos, de família pobre onde ambos os pais trabalham. Sua mãe é faxineira e seu pai é porteiro. Ela é a mais nova, tem um irmão mais velho e dois meios-irmãos. Ela gosta muito de falar e se comporta como uma típica adolescente. Ela é uma excelente dançarina e quando ela começa a dançar e cantar, só dá ela.

Clara Débora: 11 anos, de uma família de condição um pouco melhor, ambos os pais trabalham. Ela tem um irmão. Gosta de falar, é alta para a sua idade.

Nicolli: 10 anos, sua mãe trabalha no Solar Meninos de Luz. Ela é a filha única de sua mãe, mas tem meios-irmãos e irmãs. Ela adora se divertir, é muito expressiva e motivada. Ela queria muito fazer parte deste grupo.

Pedro: 10 anos, de uma família muito pobre, sem pai. Ele vive na área mais pobre do Pavãozinho. É o mais novo da família, tem duas irmãs mais velhas e um irmão mais velho. É muito inteligente, aprende inglês rapidamente, dança muito bem e aprendeu capoeira rápido. Ele é cheio de energia e isso pode criar ou contribuir para alguns problemas.

Nosso time de apoio artístico

Tivemos muito sorte em colaborar com Créo Kellab, Virginia Martins e Dani Marie Uhebe Misailidis.

Deborah Amaral Monteiro foi a convidada especial que arrumou os tecidos para as fantasias e as roupas usadas na apresentação das crianças na Polônia. Deborah é a dona da loja de roupas Zimpy no Rio de Janeiro.
Créo Kellab é o nosso professor de teatro no Mais Caminhos e é um ator conhecido por “Assalto ao Banco Central” (2011), “Três Irmãs” (2008), “VIPs” (2010) e “Victoria” (2015).

Virginia Martins deu apoio a Créo nos ensaios e viajou com ele a sua própria custa. Ela é atriz e professora de teatro.

Dani Marie Uhebe Misailidis foi a co-coreógrafa da apresentação, junto com o Créo. Ela é bailarina, coreógrafa da Beija-Flor, uma das escolas de samba mais famosas do Rio de Janeiro, e a diretora da Ballet Misailidis.

Depois de conversar com as crianças sobre como eles queriam expressar a cultura brasileira, a equipe artística combinou suas ideias para criar uma apresentação espetacular de quatro partes: primeiro, o amor do brasileiro pelo futebol, segundo, honrando o samba, terceiro, uma pequena apresentação de capoeira, e, finalmente, encerrando a apresentação com o “passinho”, uma dança moderna muito popular entre os jovens.

Conhecer mais sobre a Polônia foi algo grandioso para as crianças. Urszula, uma de nossas voluntárias, é polonesa e ficou feliz em compartilhar com as crianças informações sobre a cultura polonesa, a comida, o clima e as roupas.

Polônia

Pelas primeiras duas semanas do programa, cinco cidades na Polônia receberam diferentes grupos de crianças artistas de todas as partes do mundo.
Estas cidades eram: Breslávia, Varsóvia, Puszczykowo, Walbrzych e Przemmysl.
Breslávia foi a que recebeu nossas Brave Kids do Mais Caminhos e Solar Meninos de Luz, e elas estavam com crianças da:
● Russia – República da Buriátia;
● Ucrânia – Lviv; e
● Eslováquia.
Em cada uma destas cidades, um grande grupo de funcionários do Brave Kids, voluntários e famílias anfitriãs os receberam de braços abertos. Eles os receberam em suas cidades, casas e vidas e todos tem lindas lembranças desse encontro.

kids-in-need-education-opportunity.jpg

Durante a última semana do Festival Brave Kids 2015, todos os grupos se encontraram em uma só cidade, Zagórze Ślask: 16 países, 20 grupos, 120 brave kids! Foi uma semana emocionante.

As crianças tiveram uma experiência transformadora. Elas foram expostas e participaram de muitas atividades criativas, várias apresentações e situações onde crianças ensinavam outras crianças. Rebeca ensinou o “Passinho” para todas as crianças do Brave Kids. Que divertido! 120 crianças de várias partes do mundo dançando o “Passinho”.
Esta experiência mudou a visão de mundo da criança, não só a delas. A comunidade ficou muito emocionada quando viu o vídeo de seis de suas crianças em meio as cento e vinte dançando “Passinho” na Polônia.

Nós convidamos vocês a assistir os videos no canal do Mais Caminhos no YouTube, onde compartilhamos as experiências incríveis do Mais Caminhos Brave Kids desse ano: Brave Kids 2015 Impression é um dos vários vídeos. é um dos vários vídeos.

Bolsa de Estudos Mais Caminhos

support-good-cause-education.jpg
Lucas Souza (16) é um antigo residente do orfanato Casa do Caminho que agora vive no Renascer, um abrigo do governo em Duque de Caxias. Lucas é um dos alunos do nosso programa de bolsa de estudo. Nós lhe damos aulas semanais de inglês na Language Centre, o que faz com que ele tenha que viajar regularmente para a cidade do Rio. Lucas vai muito bem no curso de inglês. Ele é uma pessoa grata e humilde, bem-educado e sempre disposto a ajudar. Ele leve suas responsabilidades muito a sério. Ele se comunica muito bem e sua professora Stephany Kempker foi sua defensora, o que nós levou a procurar por uma bolsa de estudos para apoiá-lo ainda mais. Nós tivemos muita sorte de receber uma doação maravilhosa da Red Line Charity dar suporte aos estudos de Lucas e encontramos um ótimo curso de Logística para ele. Ele agora estuda Logística em curso à distância no Senac, combinando esse estudos com um trabalho em tempo integral no McDonalds, seu segundo ano no Ensino Médio e seu curso de inglês na Caminhos Language Centre. Pode-se dizer que ele tem andado bem ocupado!
Um problema que Lucas tinha era que ele não possuía um laptop para ajudá-lo nos estudos, mas Tom de Schepper entrou na história e doou um dos seus. Para receber o laptop nós visitamos o Grupo Deme – Dragabras Brasil, a empresa onde Tom trabalha, e o que aconteceu depois foi fantástico. O supervisor de RH e outro funcionário antigo da Deme estavam presentes e ficaram muito interessados na história do Mais Caminhos e na história do Lucas. Depois de várias conversas com Lucas e Jorge Silva, Supervisor de RH do Grupo Deme – Dragabras Brasil, foi decidido que Lucas poderia viver com Jorge Silva a partir de janeiro de 2016! Nós ficamos muito felizes com esse novo rumo que tomou a vida de Lucas e vamos manter vocês atualizados do progresso de Lucas no nosso programa.

Jessica (18) and Thiago (15) Rodrigues Learn-portuguese-in-ipanema-brazil.jpgsão irmãos que viveram por cerca de oito anos no orfanato Casa do Caminho. Quando o orfanato fechou em março de 2014, Jessica achou um trabalho em uma casa em Duque de Caxias e tem vivido lá desde então. Thiago e Lucas (13),o irmão mais novo de Jessica e Thiago, mudou-se para a casa de Jessica em janeiro de 2015.
No final de maio, Jessica e Thiago se juntaram ao nosso programa de inglês, que é parte do programa de bolsas de estudo. Eles estão muito interessados em continuar com sua educação e nós esperamos que nosso apoio faça com que eles saibam que não estão sozinhos e que ajude a enfatizar a importância da educação para eles. Nós estamos prestando bastante atenção em suas ações, comunicados e progresso. A professora deles era Tania Allyon, da Espanha. Felizmente para Tania, mas infelizmente para nós, ela ganhou uma bolsa de estudo de pesquisa, o que significa que ela teve que nos deixar. Mas nós gostaríamos de agradecer a Tania por toda a sua ajuda enquanto esteve no Mais Caminhos. Agora nós temos uma nova professora que começará no Mais Caminhos em Janeiro.

Luciano Porfirio Afonso (15), é irmão do Davi, foi um dos nossos alunos no programa de Bolsa de Estudo. Luciano morava no mesmo abrigo do governo que Lucas em Duque de Caxias. Luciano frequentou a escola particular, o Sesi, no ano passado. Nós tivemos muita sorte em encontrar um patrocinador para Luciano que concordou em pagar 100% do seu primeiro ano do Ensino Médio no Sesi. O Sesi é uma escola reconhecida e renomada no Brasil, que foi fundada pelo setor da indústria. Luciano começou a estudar lá em fevereiro. Como dito anteriormente, Luciano teve alguns problemas de disciplina, mas nós vimos grandes melhorar após alguma assistência e intervenção. Infelizmente, essas melhoras foram temporárias e o progresso de Luciano diminuiu. Nós expressamos claramente nossas expectativas e vemos o erro como uma oportunidade de aprender, mas precisamos ver uma melhora constante. Depois de várias reuniões entre o patrocinador de Luciano e Diana Nijboer, não conseguimos ver mais sinais de melhora. O patrocinador e nós chegamos a conclusão que não poderíamos mais manter o Luciano no nosso programa. Na prática, isto significa somente que paramos com nossas reuniões mensais e envolvimento na vida escolar do Luciano, mas continuamos a pagar pela escola particular e despesas relacionadas. Entretanto, três meses depois, Luciano decidiu parar de estudar no Sesi. Ficamos tristes quando descobrimos, mas aceitamos sua decisão. Apesar disso, gostaríamos de agradecer ao patrocinador pelo suporte financeiro e o tempo que dedicaram a ajudar Luciano.

Nós levamos o Programa de Bolsa de Estudos muito a sério. Queremos ajudar a transformar jovens em adultos responsáveis que assumem a responsabilidade pelos seus atos e aprendem com seus erros.

Mais Caminhos Familia

O Davi e sua família são ajudados por todas as suas valiosas doações e pela Caminhos Language Centre!

O ano do Davi foi incrível. Em fevereiro ele começou a faculdade para poder realizar seu sonho de tornar-se engenheiro eletricista. Desde então, ele tem conciliado seus estudos à noite com o trabalho na Caminhos Language Centre durante o dia e ainda por cima ele realizou outro sonho: obteve a guarda dos seus irmãos mais novos, Luciana e Tiago. Desde maio eles vivem com ele em Inhaúma, onde ele achou uma casa com a ajuda de Patrícia Pio. Patrícia tem ajudado Davi e seus irmãos de diversas formas. Inhaúma fica perto de onde Davi estuda e fica a cerca de uma hora de transporte público da Caminhos Language Centre.
Desde julho/agosto, dois dos outros irmãos de Davi, Vitor (18) e Luciano (15) tem morado com ele. Davi está muito feliz em finalmente poder cuidar da sua família. Não são muitos rapazes que são capazes de encarar tamanho desafio, ainda mais com o mesmo nível de alegria e gratidão que Davi demonstra. Ele é um grande exemplo para muitos de nós. Nem sempre é fácil para Davi a parte financeira, mas ele nunca se queixa, sempre encarando tudo com graça e humildade.

Learn-portuguese in Rio

Com as suas doações e o apoio financeiro da Caminhos Language Centre, tem sido possível para nós fazer tudo isso acontecer.

Em 15 de dezembro, Davi fez sua última prova do ano e estamos felizes em dizer que ele passou em tudo. Muito bem, Davi!

Em 16 de dezembro, Davi recebeu ajuda adicional do Grupo Deme – Dragabras Brasil. Ele recebeu um cartão contendo uma quantia para pagar sua grande compra do mês para a família. Essa ajuda extra ajuda significantemente Davi a manter sua família unida e provê-los com o necessário para que ele e seus irmãos continuem focados em sua educação. Davi é muito grato por essa ajuda e por toda a ajuda que ele e sua família tem recebido.

Mais-Caminhos-Family-support-Deme-Dragabras.jpg

Nós esperamos atualizá-los em breve com um vídeo mostrando como o Davi vive em Inhaúma!

Voluntários Mais Caminhos 2015

Nós tivemos o privilégio de trabalhar com alguns excelentes voluntários em 2015. Um grande salve a todos eles e um grande obrigado!

Vocês derramaram todo o seu amor nos programas, nem sempre foi fácil, mas superamos muitos desafios. Seu bom humor e amor tocou a vida das crianças, fazendo com que elas se sentissem seguras e bem-vindas como membros da família Mais Caminhos. A maioria dos nossos voluntários eram alunos da Caminhos Language Centre. Um obrigado especial a Glenda Montgomery, Vicky Bedia, Zinzi van de Veen, Jamie de Graaff, Catalina Rodriguez, Urszula Macinska, Neiza Ramos, Maud Bartelds, Maria Clara Laureno, Stephanie Kempker and Tania Ayllon, Alyssa Hervert, Noor Kemperman, Katy Chase, Sarah Milsom, Milan Amzic, Créo Kellab e Virginia Martens.

Mais Caminhos Patrocinadores e Presentes

Nós fomos ajudados de várias maneiras diferentes neste ano e somos imensamente gratos. Nós gostaríamos de agradecer em particular as seguintes pessoas e organizações pelo seu apoio e esperamos que ele possa continuar em 2016, assim poderemos continuar a oferecer atividades extracurriculares educacionais para crianças e jovens em área de risco:
Caminhos Language Centre, Gofunky.nl, Deme Group – Dragabras Brasil , Books Hostel, Red Line Charity, Ulrike Weinhold , Tom de Schepper.

Um obrigado especial a todas as pessoas que doaram maravilhosos presentes de Natal e fizeram doações financeiras para um Natal inesquecível para as crianças do Caranguejo, a área mais pobre da favela Pavão-Pavãozinho. Esse evento foi um grande sucesso. As crianças ficaram muito felizes pelos presentes de Natal legais que elas receberam do Papai Noel. Vejam algumas fotos.

Childen-poverty-support.jpg

Christmas-gifts-favela-caranguejo-caminhos-language-centre.jpg

Nós também gostaríamos de agradecer ao Solar Meninos de Luz e ao
Brave Kids por sua parceria e cooperação em 2015.

      O Mais Caminhos deseja a todos vocês um Feliz Ano Novo!

Mais Caminhos 2016

Colônia de férias de verão

De 5 de janeiro de 2016 até o Carnaval, haverá uma colônia de férias de verão para as crianças do Programa Mais Caminhos. As crianças podem trazer amigos e familiares para o acampamento.
Nós teremos encontros nas terças, quartas e quintas à tarde que serão repletos de atividades divertidas para as crianças. Elas almoçarão no Mais Caminhos e depois participarão de uma gama de atividades como: atividades físicas, visitas a museus, visita ao Maracanã, trabalharão com um artista local, visitarão o zoológico, entre outros.
Nós também esperamos anunciar algumas emocionantes novas parcerias locais e internacionais.
Siga o progresso do Mais Caminhos no blog e siga-nos no blog and follow us on Facebook, Twitter, Instagram and on YouTube.

Nós também gostaríamos de agradecer ao nosso parceiro e principal patrocinador, Caminhos Language Centre, que dá suporte a estes programas e faz com que tudo isso seja possível. Visitem a página da Caminhos Language Centre Facebook para mais informações sobre a escola de idiomas.