05 Mar

Ao visitar o Rio de Janeiro, você provavelmente pensa em conhecer os pontos turísticos famosos, como o Pão de Açúcar, a praia de Copacabana e a estátua do Cristo Redentor. No entanto, o Rio tem muito mais a oferecer. E há muitas coisas que os turistas provavelmente não sabem antes de vir aqui pela primeira vez. Viemos ajudá-los com isso!

Confira algumas curiosidades legais e interessantes que você precisa saber antes de visitar o Rio de Janeiro!

1. Chuvas de verão

rain in rio de janeiroA maioria dos turistas provavelmente pensa em visitar o Rio de Janeiro durante o verão, certo? Como é uma cidade tropical, pode-se pensar que é a melhor estação para aproveitar o clima. Bem, você não está errado. O verão no Rio de Janeiro é ótimo. A cidade fica cheia de pessoas do mundo todo, o céu está sempre azul e o calor pode lhe dar um belo bronze.

No entanto, também é bom estar ciente de que as chuvas fortes normalmente acontecem de dezembro a março no Rio, durante o verão brasileiro. Nesta época do ano, as chuvas geralmente ocorrem no final do dia, o que não compromete sua diversão na praia. Ainda assim, a melhor época para visitar o Rio de Janeiro provavelmente seja abril e maio, quando ainda está um tempo quente na Cidade Maravilhosa, mas a umidade é muito menor.

Surpreendentemente, o inverno também pode ser uma boa temporada para visitar o Rio de Janeiro. O inverno no Brasil ocorre nos meses de junho, julho e agosto. E embora os brasileiros gostem de usar casacos e jaquetas durante os dias mais frios, a temperatura varia em torno de 26 graus Celsius, tornando o clima incrível para praia e passeios turísticos.

2. Água da torneira

Normalmente a água de torneira é potável no Brasil, mas é melhor não bebê-la. A maioria dos brasileiros pensa que é melhor evitá-la. Todo mundo usa filtros em sua casa para tornar a água mais segura para consumo.

Afinal, por que você não deve beber água da torneira no Rio? A água é tratada com alguns componentes químicos que podem não ser bons para a saúde, como cloro e flúor. Tubulação antiga e ferrugem também podem afetar a água, bem como o alumínio encontrado no encanamento.

Em última análise, é melhor prevenir do que remediar. Beba água filtrada em casa e água engarrafada quando estiver na rua. Há também uma lei recente que determina que todos os restaurantes devem oferecer água filtrada gratuita aos clientes, mediante solicitação. É só pedir! 

3. Use o metrô

subway going to rio de janeiro

Ao viajar para o Rio de Janeiro, lembre-se de que a melhor maneira de para se deslocar pela cidade é usando o sistema de metrô. O metrô é geralmente limpo, rápido e seguro. Se você perder um trem, outro chegará em menos de 5 minutos.

O Rio de Janeiro é uma cidade movimentada — o tráfego é caótico nas horas de pico. Portanto, se você não estiver disposto a perder seu precioso tempo, use o metrô. Infelizmente, ele ainda não chega a todas as partes do Rio, mas a maioria dos bairros turísticos está coberta. Se você precisar ir à Urca ou Cosme Velho, por exemplo — para visitar o Pão de Açúcar ou a estátua do Cristo Redentor —, não conseguirá chegar de metrô. No entanto, o cartão de passagem do metrô permite que você pegue um ônibus de integração para esses lugares.

Cuidado com os assentos preferenciais

No Rio de Janeiro, todos os assentos de transportes públicos são preferenciais para pessoas com deficiência, gestantes e idosos. Se o vagão estiver cheio e você vir algumas dessas pessoas, ofereça seu lugar.

Outra coisa: o penúltimo vagão do metrô é exclusivo para mulheres nos horários de pico. Lembre-se disso ao pegar o metrô das 6h às 9h e das 17h às 20h, de segunda a sexta-feira. O vagão é rosa por fora e tem um aviso nas portas.

4. Experimente comidas diferentes

Não tenha medo de experimentar coisas diferentes quando visitar o Rio de Janeiro. Você precisa provar tudo que os cariocas (como são chamados os moradores do Rio) comem e bebem. Por exemplo, eles costumam comer arroz e feijão em todas as refeições.

Outras comidas clássicas são farofa, tapioca, açaí, brigadeiro e feijoada. Se você quiser aprender mais sobre comidas brasileiras, dê uma olhada no nosso blog Comidas brasileiras que você precisa experimentar.

Quanto às bebidas, os brasileiros adoram sentar com os amigos em bares para beber caipirinha ou chope. Vá em frente e experiemente algumas opções!

5. Não jogue papel no vaso sanitário

O sistema de esgoto do Brasil não foi feito para lidar com papel higiênico, produtos femininos e toalhas de papel. Portanto, não jogue lixo no vaso sanitário ou você pode enfrentar um grande problema com entupimento.

A maioria dos turistas acha estranho, mas todos os banheiros do Brasil têm uma pequena lixeira ao lado do vaso sanitário, onde você deve descartar seus papéis e outros lixos.

6. Gorjeta

A gorjeta não é obrigatória e nem esperada no Brasil. Na verdade, as gorjetas são comuns apenas em restaurantes, onde uma taxa de serviço padrão de 10% já é incluída na conta. Por outro lado, se você for a um pub ou boate, não precisa se preocupar com gorjetas. Os caixas são responsáveis pelo dinheiro e dar gorjeta ao barman não é comum.

7. Aproveite as praias quando visitar o Rio de Janeiro

joatinga rio de janeiro beachesA cidade do Rio de Janeiro em si possui quase 100 praias diferentes em sua costa. Na zona norte e no centro da cidade, no entanto, a maioria está poluída. Porém, as praias da zona sul do Rio e da região da Barra da Tijuca são limpas. Cada uma delas é diferente da outra e temos certeza de que você adorará visitar todas elas.

Confira esta postagem no blog e saiba mais sobre as incríveis praias do Rio de Janeiro.

Quando estiver na praia, compre uma canga (um toalha de praia leve tradicional do Brasil) e prove biscoito Globo e mate — a coisa mais tradicional para comer nas praias do Rio é esse biscoito feito de polvilho servido com chá de erva-mate gelado.

8. Noite na Lapa

Você precisa passar pelo menos uma noite na Lapa, pois esta é a melhor maneira de conhecer a cultura no Rio de Janeiro. A Lapa é um bairro no Rio de Janeiro conhecido por sua vida noturna, onde há uma grande concentração de bares, boates e restaurantes.

Na Lapa é fácil encontrar lugares que tocam todo tipo de música, do samba ao forró, do hip hop ao reggaeton. Muitos moradores também vão à Lapa para beber cerveja e caipirinha nas calçadas. Os vendedores de rua estão sempre por perto e você pode ouvir a música dos bares próximos. É uma ótima opção para quem quer se divertir e conhecer pessoas sem gastar muito dinheiro. As pessoas usam as calçadas da Lapá para conversar, dançar, beber e aproveitar a noite.

As boates e casas de show mais famosas da Lapa são Lapa 40 Graus, Clube Democrata, Rio Scenarium, Fundição Progresso e Circo Voador.

9. Cidades próximas

Existem muitas cidades pequenas incríveis no estado do Rio de Janeiro e a poucos quilômetros da Cidade Maravilhosa. Se você tiver tempo, não se esqueça de planejar uma viagem para conhecer outras cidades próximas ao Rio. Você não vai se arrepender.

Niterói

niteroi rio de janeiroDo outro lado da Baía de Guanabara está a cidade de Niterói. Você pode ir até lá de ônibus — atravessando a ponte Rio-Niterói, com 13 km — ou pegando a barca no centro do Rio. Niterói tem uma energia muito mais calma que o Rio, apesar de ser uma cidade grande com mais de 500.000 habitantes. As praias longe do centro da cidade são espetaculares e você precisa visitar a praia de Itacoatiara. Você também deve ir ao Parque da Cidade, um mirante de onde as pessoas saltam de parapente e de onde você tem uma vista incrível do Rio de Janeiro.

Ilha Grande

A duas horas do Rio de Janeiro fica Ilha Grande, uma ilha paradisíaca onde os carros não são bem-vindos. Passe alguns dias lá e você imediatamente se apaixonará por esta vila. A natureza e a vegetação de Ilha Grande são incríveis, já que é uma área protegida. Praias maravilhosas, ótimos passeios de barco e uma rotina mais calma — os turistas adoram Ilha Grande. O TripAdvisor frequentemente lista Lopes Mendes, uma das praias da ilha, como uma das melhores do mundo.

Búzios, Cabo Frio & Arraial do Cabo

A cerca de 170 km ao norte do Rio de Janeiro estão as cidades de Búzios, Cabo Frio e Arraial do Cabo. São cidades turísticas com ótimas praias e clima boêmio. A água é de um azul claro e o clima é de cidade pequena — com ruas de paralelepípedos e prédios baixos, o que os torna ótimos lugares para relaxar.

Serra

Se você está procurando um clima mais frio, a região montanhosa perto do Rio de Janeiro também tem ótimas cidades para visitar, como Friburgo, Petrópolis e Teresópolis. Essas cidades estão cheias de cultura e história brasileira.

10. Segurança no Rio de Janeiro

Não acredite em tudo que você lê sobre o Rio de Janeiro. A cidade é tão perigosa quanto qualquer outra cidade grande do mundo, especialmente em um país com tanta desigualdade social. Você ficará bem se seguir as regras básicas de segurança.

Esteja ciente de onde usar o celular — não faça isso no meio de uma rua movimentada. Se você precisar usar o celular, entre em uma farmácia ou padaria para verificar o Google Maps, suas mensagens ou chamar um Uber. Não saia sozinho à noite, evite ruas escuras e prefira andar por áreas movimentadas.

Pegue um Uber ou um táxi para voltar para casa depois de uma noite fora, em vez de usar o ônibus ou caminhar para casa. E o mais importante, evite usar itens caros, como relógios e jóias.

Aja como um morador local, fique calmo e relaxe. Esteja consciente do seu entorno e você ficará bem! Confira este ótimo artigo sobre segurança no Rio de Janeiro.

 

Entre em contato com a Caminhos Language Center se você quiser experimentar a vida no Rio de Janeiro enquanto aprende portuguêsReserve agora seu curso de português e estude português brasileiro enquanto se diverte!



Leave a Comment