27 Jun

No Brasil, a festa junina (ou “julina”, quando ocorre no mês de julho) é aguardada por todos durante o ano. Essa festa reúne tudo que há de bom da cultura popular brasileira: música regional, comida típica e muita animação com brincadeiras e dinâmicas.

Se você nunca ouviu falar dessa festa tão típica no Brasil, não se preocupe, preparamos uma breve explicação sobre ela:

Caracterizada por homenagear Santo Antônio, São Pedro e São João Batista, a festa junina existe desde os tempos pré-gregorianos na Europa, onde se comemorava, no solstício de verão, à terra fértil e às boas colheitas.  Coincidentemente, os índios que habitavam o Brasil antes da chegada dos portugueses faziam rituais durante o mês de junho, onde havia cantos, danças e comida farta.

Após a chegada dos jesuítas portugueses, os costumes se fundiram e, hoje, vemos muitos costumes inclusos na festa como, por exemplo: danças e músicas típicas; fogueira; roupas e acessórios que remetem à vida no campo (usa-se muito estampa xadrez); simpatias (para as moças solteiras, Santo Antônio é milagroso!) e, finalmente, mas não menos importante, as comidas que, normalmente, são grãos e raízes que os índios cultivavam, como milho, amendoim, batata doce e mandioca, além de doces como pé-de-moleque, bolo de fubá, milho verde, canjica, pipoca etc., e bebidas como quentão (feito com cachaça, gengibre, cravo e canela) e vinho quente.

A Caminhos Language Centre não ficou de fora e preparou um arraiá pra lá de especial, que foi realizado no dia 26 de junho de 2015, somando, ao todo, 60 pessoas entre alunos e professores, que prepararam atividades temáticas:

Dança: todos dançaram com o apoio do professor Allan Costa.

Jogos: a professora Jocilene Pereira ensinou aos alunos uma das brincadeiras mais típicas da festa junina, a pescaria.

Comida: o professor Fernando Bonfim ensinou como fazer quentão, tradicional bebida da festa, e doce de amendoim. Uma delícia!

Roupas: trajes caipiras – muitos com estampas xadrez – foram apresentados pela professora Rubia Marzochi. O melhor traje eleito pelos estudantes internacionais foi o de Davi Afonso.

História: a história de como surgiu a festa junina não poderia ficar de fora, o professor Gabriel Matos contou tudo sobre esse evento cultural.

IMG_1686

Aproveite para aprender português com muito dinamismo e qualidade por meio de professores nativos que só a Caminhos Language Centre proporciona a você. Matricule-se agora e venha ver de perto o que o Rio de Janeiro tem de melhor.