20 Fev

As favelas discutidas neste artigo são Cantagalo e Pavão-Pavãozinho, duas comunidades carismáticas que já foram muito conhecidas pela violência na guerra das drogas quando foram selecionadas como local de destaque da popular franquia de videogame “Call of Duty”.

Mesmo assim, Cantagalo e Pavão-Pavãozinho, que juntas abrigam perto de 5.000 brasileiros, são independentes uma da outra, embora permaneçam geograficamente unidas pela proximidade. É por isso que compartilham muitas características, como sua localização privilegiada tão perto do mar, além de desfrutar de uma das melhores vistas do Rio de Janeiro. No entanto, essas comunidades ainda são assombradas pela pobreza e violência; uma verdade tão irônica quanto esclarecedora, levando em conta sua localização na Zona Sul do Rio de Janeiro, na fronteira com alguns dos distritos mais ricos do Rio; Leblon, Ipanema e Copacabana.

cantagalo favela rio de janeiro

Além disso, apesar de ambas as comunidades terem sido pacificadas, aprendi rapidamente que a pacificação não equivale necessariamente à paz. Por exemplo, no dia 23 de abril de 2014, semanas antes da Copa do Mundo, uma violenta guerra às drogas destruiu as comunidades de Cantagalo e Pavão-Pavãozinho. Neste dia triste, pessoas inocentes perderam suas vidas. Pessoas inocentes como Douglas Rafael da Silva Pereira, ou “DG” como era conhecido, foram confundidas com traficantes de drogas e assassinadas. DG era bem conhecido e respeitado, uma vez que era dançarino no famoso programa “Esquenta!”, fazendo dele uma inspiração para o povo do Cantagalo e Pavão-Pavãzinho.

No entanto, é importante lembrar que há muito mais coisas dentro das favelas como Cantagalo e Pavão-Pavãzinho além da violência, brutalidade policial e guerras de drogas; e que esforços estão sendo feitos para melhorar a vida das gerações futuras, oferecendo mais oportunidades para aqueles que crescem nesses ambientes hostis. Por exemplo, ONGs e projetos culturais como o Solar Meninos de Luz (cujo foco é educação e valores humanitários universais) e Harmonicanto (que oferece oficinas de arte, aulas de música, horta e mais), ambos têm centros no Cantagalo e no Pavão-Pavãozinho, e proporcionam aos jovens que moram nas favelas as ferramentas para criar um futuro melhor para si.

No Mais Caminhos, também oferecemos um programa educacional que enfoca o desenvolvimento acadêmico e emocional dos jovens que vivem nas comunidades do Cantagalo e Pavão-Pavãzinho. Nosso programa inclui aulas de inglês, aprendizado socioemocional, além de muitas atividades divertidas para todos, como esportes e jogos. Também oferecemos workshops focados, como cinema, fotografia e tecnologia, para que os jovens possam expandir suas habilidades, dando-lhes perspectivas futuras inestimáveis e, assim, ampliando seus horizontes.

Cuidado, mundo! O talento de Cantagalo e Pavão-Pavãozinho está se preparando para ser lançado!



Leave a Comment